Mercado Imobiliário

Vender ou alugar um imóvel: o que analisar antes de decidir

vender ou alugar um imóvel: o que analisar

Vender ou alugar um imóvel é uma dúvida comum para quem investe em imóveis. Mesmo sendo uma opção segura e menos volátil em relação a outros investimentos, é necessário ter cautela ao tomar decisões que podem afetar seu retorno financeiro. A seguir, confira o que você precisa analisar para decidir se é melhor vender ou alugar o seu apartamento.

Potencial de valorização

Isto é o que mais influenciará na decisão entre vender ou alugar um imóvel: o potencial de valorização da propriedade. Reúna o máximo de informações e consulte corretores imobiliários para ter uma projeção do quanto o imóvel pode valorizar.

Se o bairro onde o apartamento está localizado tem possibilidade de melhorias de infraestrutura, mobilidade e investimentos (parques, transporte público, shoppings, comércio em geral etc.), é um indicativo de que vale a pena manter o aluguel e aguardar mais um pouco para realizar a venda.

Vender ou alugar um imóvel: analise o potencial de valorização do apartamento e da localização. Essa informação pode ser decisiva na escolha entre vender ou alugar

Por outro lado, se você acredita que a região já tem uma infraestrutura completa e não tem mais muito o que melhorar, certamente já é a hora de vender seu imóvel.

A relação procura e oferta também pode afetar essa decisão, portanto, avalie se a demanda de apartamentos no bairro está maior do que a procura e vice-versa.

Renda mensal

A principal vantagem de ter um imóvel para alugar é a renda mensal que você terá. É um estilo de investimento interessante para os mais conservadores nos negócios. Além dos ganhos com valor do aluguel, ficar sem gastos com condomínio e IPTU é outro ponto positivo.

É importante avaliar também o preço médio de aluguel da região, pois os valores praticados no mercado afetarão significativamente na negociação com os interessados no seu imóvel.

Eventuais obras estruturais no apartamento devem ser de responsabilidade do proprietário(a), e não do inquilino. No entanto, esse é um tipo de problema pouco encontrado quando se trata de um residencial de alto padrão, em que são priorizados a qualidade e acabamentos finos.

conheça os empreendimentos da CRB Construtora

Outro ponto a levar em consideração é que em alguns períodos o imóvel pode ficar vazio, tendo que arcar com custos de manutenção e condomínio até que o contrato com um novo inquilino seja realizado. Já contamos aqui no blog algumas dicas para alugar seu apartamento mais rápido.

Liquidez da venda do imóvel

Para quem necessita de todo o valor do imóvel para uma emergência ou oportunidade de investimento, vender é uma solução. Mas é importante lembrar que há custos nesse processo.

Avalie se necessitará dos serviços de uma imobiliária para a divulgação do seu imóvel e para apoio durante a negociação da venda. Além disso, parte do valor do imóvel deverá ser destinado para pagamentos de impostos.

Vender ou alugar um imóvel: para quem precisa do dinheiro com urgência, vender é uma boa opção.

Outro fator que interferirá no preço do seu apartamento é a média de valores praticados na região. Portanto, dependendo dessa informação, o valor que o comprador está disposto a pagar nem sempre estará de acordo com suas expectativas ou real valor do imóvel.

Cenário econômico

Devido à queda da taxa Selic e mais facilidade de financiamento de imóveis, o cenário atual se mostra propício para compra, mas não necessariamente para venda. Isso porque pode ser necessário mais flexibilidade na negociação e vender por um preço menor.

Segundo especialistas, para quem tem perfil conservador e não precisa do dinheiro com urgência, é mais vantajoso manter a renda mensal com o aluguel e aguardar mais um tempo para a venda, principalmente se for em um bairro em expansão, garantindo valorização.

Então, o que é melhor: vender ou alugar um imóvel?

A resposta é: depende. Diversos fatores devem ser colocados na balança para você tomar a melhor decisão e ter um retorno financeiro que atenda suas expectativas. Revise os principais tópicos de cada possibilidade e bons investimentos!

Venda do apartamento

  • Quando o imóvel tem potencial de valorização, há uma maior oportunidade de lucro com a venda;
  • Para quem precisa de liquidez, vender o apartamento é uma boa opção para receber uma quantia grande em uma única vez;
  • É preciso atenção com relação aos custos da venda, o que inclui: anúncio, serviços de imobiliária e pagamento de impostos;
  • O valor pode ser reinvestido em um apartamento maior ou com os diferenciais necessários para o seu atual momento de vida;
  • Dependendo do contexto econômico, média de preço praticado pelo mercado e negociação com os interessados pelo imóvel, há o risco de ter que vender por um valor inferior ao desejado.

Alugar um imóvel

  • Oportunidade de renda mensal com o aluguel do imóvel;
  • Quando alugado, você economiza com condomínio, IPTU e manutenção, que deve ser de responsabilidade do inquilino;
  • Obras estruturais, no entanto, estão a cargo do proprietário. Por isso, faça uma boa vistoria do apartamento antes de alugar para evitar imprevistos;
  • Há risco de o imóvel ficar desocupado por um período até encontrar um inquilino, sendo assim, deverá arcar com gastos de manutenção e condomínio;
  • Se alugar por uma imobiliária, há taxas de administração de responsabilidade do proprietário.
Veja também:
Investir em imóveis em 2020
Devo investir em imóveis em 2020? Entenda o cenário atual do mercado
dicas e orientações para alugar seu imóvel
Pretende alugar seu imóvel? Confira essas orientações