Mercado Imobiliário

Mais espaço: cresce busca por apartamentos maiores para morar

busca por apartamentos maiores crescem durante a pandemia

Os últimos meses fizeram com que todos voltassem seus olhos para dentro de casa. Assim, famílias passaram a valorizar mais o conforto que o imóvel deve proporcionar, a boa convivência e a privacidade de cada morador.

Por isso, iniciou-se uma movimentação no mercado imobiliário de pessoas em busca de apartamentos maiores. E o momento se mostra propício para quem planeja fazer um upgrade no futuro ou até adquirir o primeiro apartamento na planta.

O estilo home office

Home office estimulou a busca por apartamentos maiores

De acordo com o IBGE, até a primeira quinzena de junho de 2020, mais de 8 milhões de pessoas no país estavam trabalhando remotamente. É mais do que o dobro com relação ao ano de 2018: antes, eram 3,8 milhões de brasileiros. Muito desse crescimento se deve ao contexto de distanciamento social, no entanto, o home office já vinha ganhando mais adeptos desde 2017.

Com mais pessoas trabalhando em casa, viver em um apartamento com espaço para ter um escritório entrou em evidência. Afinal, por mais que esteja em home office, o ideal é manter privacidade e contar com mobiliário adequado para exercer as tarefas.

Alguns empreendimentos apresentam ainda na planta sugestões de onde montar o seu escritório no apartamento, enquanto outros permitem flexibilização no layout. Segundo Rafael Latance, gerente comercial da CRB Construtora, a empresa se destaca no mercado por oferecer essa diversidade de plantas, atendendo a necessidade dos clientes que precisam mudar alguns ambientes.

Conforto essencial

As prioridades do imóvel desejado também mudaram. É o que aponta a terceira onda de pesquisa sobre os impactos da Covid-19 no mercado imobiliário, realizada pelo Grupo ZAP.

A pesquisa mostra que 51% dos entrevistados acham importante ou muito importante o imóvel ter uma metragem maior, para outros 27%, esse item passou a ter importância moderada. Ambientes bem divididos, mais banheiros e dormitórios também se tornaram características desejadas no imóvel.

Pesquisa do Grupo Zap mostra que 51% dos entrevistados acham importante ou muito importante o imóvel ter metragem maior. Vista livre é desejada por 60% do público.

Dados da empresa QuintoAndar apontam para o mesmo sentido: unidades com quatro quartos foram alugados mais facilmente na plataforma entre as semanas de 6 de abril até 25 de maio de 2020, registrando um aumento de 67%.

Para Samantha Safra, gerente de planejamento de marketing da CRB Construtora, essa mudança está perceptível e as prioridades geradas pela pandemia vieram para ficar. O cenário reforçou a necessidade do imóvel oferecer bem-estar, ter amplitude da área de convivência e uma boa iluminação natural.

Tais características podem ser encontradas em empreendimentos de alto padrão como Áureo Portal da Colina, Figueira Cambuí e Origem Cambuí. Os mais recentes lançamentos da construtora contam com até 4 suítes, oferecendo o máximo conforto para famílias com pelo menos 2 filhos ou que recebem visitas com frequência.

clique e conheça os empreendimentos da CRB Construtora

O desejo de se afastar dos grandes centros urbanos, como a capital paulista, também ganhou força: “Vemos muitos clientes procurando cidades que não sejam tão próximas da capital para fugir de trânsito e aglomeração, em busca de qualidade de vida, mas sem perder a boa estrutura”, conta Latance, apontando Campinas e Sorocaba como destaques do interior de São Paulo.

Lazer no próprio apartamento

A busca por apartamentos com varanda aumentou 128% no mês de maio em comparação com o mesmo período de 2019, segundo levantamento da Imovelweb.

O ambiente chama a atenção por ser ideal para se desligar das tarefas domésticas, escolares e do trabalho, além de promover momentos de lazer, como o preparo de um almoço em família.

Varanda Gourmet do apartamento de 172m² Figueira Cambuí
Varanda Gourmet do apartamento de 172m² Sky Window Figueira Cambuí

Condomínios com boas áreas de lazer também saem na frente. Principalmente se for um empreendimento entregue com as áreas comuns equipadas e decoradas, prontas para uso dos moradores, como é o caso dos residenciais da CRB Construtora.

Taxa Selic em constante queda

Investir em imóveis é uma opção atrativa quando se pensa em longo prazo. Os ativos imobiliários possuem boa rentabilidade e baixo risco, principalmente, com relação a Renda Variável.

No entanto, com as consecutivas quedas da Taxa Selic, a compra de imóveis também se tornou vantajosa perante a Renda Fixa. E apesar da Selic estar em mínimas históricas (2,25% ao ano), a projeção de especialistas é de ainda mais cortes até o fim de 2020.

Isso afeta na procura por financiamento imobiliário, que fica mais atrativo com suas taxas reduzidas e demanda a criação de novas modalidades de crédito oferecidas pelos bancos.

Por isso, Rafael Latance reforça: se quem está interessado em adquirir um apartamento maior ainda não comprou, agora é um bom momento para realizar o investimento, pois com as taxas de juros reduzidas o seu poder de compra aumenta, e assim consegue financiar um valor maior.

O que analisar ao procurar por apartamentos maiores

Confira os principais tópicos para prestar atenção ao iniciar a sua busca por um apartamento mais espaçoso.

  • Qual a sua necessidade? Antes de optar por um imóvel, pense em qual facilidade você está procurando e se o apartamento atende suas demandas. Por exemplo: precisa ser perto do trabalho? Próximo ao centro comercial?
  • Tamanho da família: Você tem filhos ou está planejando aumentar a família? Isso influenciará, principalmente, na quantidade de quartos e banheiros do imóvel.
  • Localização e comodidades: Verifique o conforto no entorno do apartamento. Isto é, as facilidades oferecidas pelo bairro, a segurança e as áreas de lazer presentes no condomínio.
  • Orçamento: por fim, avalie o custo do metro quadrado e se é adequado ao seu orçamento, para que assim você faça uma excelente aquisição.  
Veja também:
CRB Construtora patrocina evento com foco na qualidade de vida do trabalhador da construção civil
Imóveis como estratégia para proteger e diversificar seus investimentos
Imóveis como estratégia para proteção e diversificação de investimentos