Arquitetura e Decoração

Coifa, depurador ou exaustor: escolha o melhor para o seu apartamento

Coifa, exaustor e depurador: qual o melhor para apartamento

O ato de cozinhar é acompanhado de gordura, vapor e cheiro dos alimentos, que se espalham pela casa e deixam os armários gordurosos. E uma coifa, depurador ou exaustor é o tipo de eletrodoméstico capaz de transformar o ar da cozinha.

Janelas amplas e uma boa circulação de ar ajudam bastante na qualidade do ar, mas ter o apoio de uma coifa, depurador ou exaustor contribuirá ainda mais. Mas qual escolher para o seu apartamento? Explicamos nos próximos parágrafos a diferença de cada um para te ajudar.

Qual a diferença entre coifa, depurador e exaustor?

Exaustor

O exaustor é um pequeno motor com hélices, comumente instalado na parede, a uma altura de pouco mais de 2 metros. É mais visto em casas do que em apartamentos, uma vez que demanda uma pequena alteração de fachada para sua instalação. Porém, há empreendimentos que já preveem a infraestrutura para esse equipamento.

Sua principal função é trocar o ar quente do ambiente pelo frio que está do lado de fora, deixando o espaço livre de cheiros, umidade e fumaça. Sua capacidade para retenção de gordura é menor que a de depuradores e coifas.

Menores e mais simples, os exaustores realizam a troca do ar interno pelo externo.
Menores e mais simples, os exaustores realizam a troca do ar interno pelo externo

Depurador

O depurador é uma opção muito utilizada em cozinhas de apartamentos menores. Seu funcionamento consiste em sugar o vapor, reter a gordura no filtro de alumínio e absorver o odor no filtro de carvão ativado. Depois desse processo, o equipamento devolve o ar mais limpo ao ambiente.

Coifa, depurador ou exaustor:  o depurador retrátil e slim é uma opção para cozinhas menores e se destaca pelo design
Entre os modelos de depurador, o retrátil se destaca pelo design. Imagem: Tramontina

Devido ao tamanho compacto, a instalação geralmente é feita embaixo de armários e exige uma distância mínima de 65cm e máxima de 75cm da boca do fogão ou cooktop.

Sua manutenção e limpeza são simples: basta lavar o filtro de alumínio ou inox com água e sabão, além de realizar a troca do filtro de carvão ativado dentro do prazo indicado pelo fabricante (a validade gira em torno de 4 a 6 meses).

Diferença entre coifa, depurador e exaustor: o depurador se destaca pela fácil manutenção e limpeza
Depurador é de fácil manutenção e limpeza. Imagem: Electrolux

Algumas marcas produzem depuradores que também funcionam no modo exaustor, exigindo a instalação de um duto para saída do ar. Porém, a capacidade de sucção é reduzida em relação às coifas, que explicaremos a seguir.

Coifa

A coifa tem como diferenciais o tamanho, design sofisticado e melhor potência de sucção. Possui dois modos de funcionamento: exaustão e depuração.

No modo exaustor, exige a instalação do duto por onde o odor e vapor sugados serão conduzidos para fora da residência. A saída externa pode ser feita no teto ou na parede.

É importante lembrar: reformas no apartamento demandam orientação de um arquiteto ou engenheiro, além de aprovação do condomínio em determinados casos.

Na cozinha do decorado Áureo Portal da Colina, o modelo instalado foi a coifa evo black da marca franke
Coifa Evo Franke traz mais sofisticação à cozinha do Áureo Portal da Colina

Quando não é possível utilizar a coifa no modo exaustor, opta-se pela função de depurador, devolvendo à cozinha um ar livre de impurezas através de aberturas na parte superior da chaminé do eletrodoméstico.

A coifa tem 3 possibilidades de instalação, e isto afetará diretamente na escolha de qual modelo adquirir. O mais comum é fixá-la na parede, sobre fogões e cooktops.

Já a segunda alternativa é a coifa de ilha, fixada no teto. É muito comum em cozinhas abertas, com uma bancada ao centro.

Coifa, depurador ou exaustor: em cozinhas abertas com ilha, o mais comum é a instalação de coifas fixadas no teto.
Cozinha ilha do apartamento de 172m² Figueira Cambuí

Por fim, há as coifas de embutir em móveis. É ideal para projetos que contarão com marcenaria feita sob medida e para aqueles que valorizam design e discrição.

Como saber qual o melhor para o seu apartamento

Antes de adquirir sua coifa, depurador ou exaustor, verifique qual tipo de instalação é possível na cozinha do seu apartamento e se o tamanho é adequado para a troca efetiva do ar.

Para saber se o modelo escolhido tem a vazão ideal, é feito um cálculo simples. Considera-se o volume do ambiente (largura x comprimento x altura) multiplicado pela quantidade de vezes que o ar precisa ser renovado. O resultado será a vazão mínima que a coifa, depurador ou exaustor precisa ter.

Sites e profissionais especializados afirmam que em uma cozinha o equipamento deve trocar o ar entre 10 a 30 vezes por hora. No caso de residências, essa capacidade não precisa ser tão alta, diferente de quando se trata de restaurantes, onde o fogão é utilizado com muita frequência.

A Tramontina, por exemplo, segue a norma internacional IEC 61591, afirmando que uma coifa residencial adequada renova o ar 12 vezes a cada hora. Além disso, o fogão também faz diferença. A recomendação é a coifa ou depurador ter a mesma dimensão ou ser um pouco maior que o eletrodoméstico.

Levando todos esses pontos em consideração, com certeza sua escolha será mais assertiva e não ficará restrita apenas à estética. Assim, você garante uma rotina mais agradável na cozinha. 😉

Veja também:
decoração de primavera:
Decoração de primavera: o leve ar primaveril no seu apartamento
tipos de porcelanato: conheça os diferentes tipos de acabamento
Tipos de porcelanato: os diferentes acabamentos para apartamento